top of page

Esgoto tratado, direito de todos

Saneamento básico rural

Preocupada com a qualidade do recurso hídrico no município e com o desenvolvimento das comunidades rurais, a CerVivo iniciou, em 2019, a campanha Saneamento Básico Rural.

A ação capacita e implanta unidades de tanque de evapotranspiração (TEvap) em comunidades rurais localizadas nas proximidades de cursos d’água de importância para o município. O
Tanque de Evapotranspiração, sigla TEvap, é uma alternativa para o tratamento dos efluentes oriundos do vaso sanitário. Ele trata a matéria orgânica do rejeito e reaproveita os nutrientes no desenvolvimento de plantas que transpiram a água lançada no sistema.

O objetivo é incentivar a utilização de sistemas de tratamento de esgoto doméstico adequados para proteger o recurso hídrico, como nascentes, córregos e água subterrânea. O resultado são comunidades empoderadas e com melhor qualidade de vida, diminuindo as possibilidades de contaminação por esse efluente e proliferação de doenças.

Saneameno básico rural

Imagens da construção de fossas ecológicas pelo projeto de Saneamento Básico Rural da Cervivo

04

anos de execução do projeto (2019 a 2023)

46

TEvaps construídas com recursos do projeto

01

encontro dedicado à liderança feminina nas comunidades

capacitações em 11 comunidades sobre esgotamento sanitário doméstico

+17

+35.000

litros de esgoto/dia destinados corretamente

46

famílias beneficiadas com tratamento de esgoto

02

trabalhos de conclusão de curso (TCC) envolvendo os dados coletados nas comunidades durante o projeto

Conheça o projeto retratado no documentário "Cerrado Vivo, Água Limpa"

Gravado no final de 2021, retrata a campanha de Saneamento Básico Rural da CerVivo em sua essência: a proteção do recurso hídrico a partir da capacitação das comunidades em tecnologia de saneamento básico individual. Os moradores abriram as portas de suas casas para a gente e ficamos com um pedacinho de cada um na nossa história.

Histórico do projeto

Em 2019, no 1º Edital da Água, percebemos que as comunidades rurais de Patrocínio eram defasadas no atendimento à coleta e tratamento de esgoto sanitário, sendo muitas localizadas em áreas de recarga e nascentes.

Segundo o Plano Municipal de Saneamento Básico de Patrocínio e o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, existem 40 comunidades na área rural e 10% possuem coleta ou coleta e tratamento de esgoto sanitário, onde 55% das casas ainda utilizam a fossa rudimentar.

De 2020 a 2022 trabalhamos na difusão da tecnologia em 10 comunidades inseridas em área de cabeceira e de recarga do Ribeirão Salitre, que, apesar da contaminação recebida, possui ao menos 20 outorgas deferidas pelo estado para usos como irrigação de culturas e foi a primeira localidade de registro da espécie pato-mergulhão no município.

Durante este período caracterizamos as comunidades e identificamos um percentual à cima de 80% da utilização de fossas rústicas, principalmente em pequenos produtores rurais, os quais não possuem recurso ou tem uma defasagem no entendimento sobre a influência do esgotamento sanitário na qualidade do recurso hídrico.

O projeto continua, agora, com a 5ª edição do Edital da Água, e a CerVivo prossegue aumentando a eficiência desta ação ao implementar mais unidades da tecnologia na região, alcançando ainda mais moradores das comunidades.

Ações que beneficiam a comunidade

  • Diagnóstico do saneamento básico em comunidades rurais da bacia do Ribeirão Salitre. 
     

  • Capacitações realizadas ao longo do ano, ensinando a comunidade a implementar fossas adequadas.
     

  • Inclusão e treinamento de estagiários.

  • No ano de 2022, o projeto realizou a doação de fossas do tipo TEvap, beneficiando 15 famílias.
     

  • Produção de trabalho científico a partir do projeto. 

  • Realização de eventos como o Workshop sobre o panorama do esgotamento sanitário no município.

Depoimento Senhor Wilson - Comunidade de Malhadouro

PATROCÍNIO

Parte deste projeto é executado com recursos do
Instituto Mosaic, entidade social mantida pela Mosaic Fertilizantes, a partir do Edital da Água. 

APOIO

Emater (assistência técnica para implementação de unidades de fossa e capacitação das comunidades).

Conselhos de Desenvolvimento Comunitário-CDCs e Associações (mobilização das comunidades e mão-de-obra para a construção das fossas).

Secretaria de Agricultura Municipal e Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Sustentável-CMDRS (articulação com outras Secretarias do município/comunidades e difusão da tecnologia).

PARCEIRO

O projeto conta com a parceria da
Jubita Britagem, empresa que oferece as pedras e britas necessárias para a implementação dos Tevaps.

Logo_Jubita.jpg
bottom of page